Passaporte cultural Rio de Janeiro/Rio de Janeiro Cultural Passport

In english below!

O passaporte cultural do Rio é um caderninho com uma lista de parceiros que servirá como entrada e cupom de desconto em diversas atrações culturais pela cidade durante as Olimpíadas e Paralimpíadas Rio 2016. Estão nele todos os museus, bibliotecas, alguns teatros e o site ainda mostra 10% de desconto nas principais livrarias, desconto na entrada do Lapa 40º e outros bares, metrô aos finais de semana e por aí vai.

passaporte cultural rio

Continuar lendo

Anúncios

Berlim: o que fazer na cidade – parte 2

Continuando a série de posts sobre o que fazer em Berlim que começou em Berlim: o que fazer na cidade – parte 1:

East Side Gallery

12717173_1028320843891885_6853064401539444_n

Maior trecho restante do Muro de Berlim. É aquele que é grafitado e todo mundo fotografa! Não tem como ir em Berlim e não dar uma passadinha por lá. 

Melhor estação de metrô: S+U Warschauer Str, rua Warschauer Straße.

Continuar lendo

Instagram @namochiladapaula

Oi! Tive (muitos) problemas para passar as fotos da viagem para o computador, acabei tendo que esperar um celular novo chegar para tirá-las do cartão de memória, imaginem a confusão! Mas tudo certo, os posts sobre a viagem já vão voltar! O que vocês gostariam de saber?

Nesse período, criei um instagram dando dicas de viagem para quem não curte ler blog, prefere dicas rapidinhas ou só ver fotos legais. Curtam lá, por favor! É @namochiladapaula, na mochila da paula, tudo junto. Estou fazendo os posts em português e inglês para ajudar os gringos também, pretendo trazer esse modelo aqui pro blog em breve.

https://www.instagram.com/namochiladapaula/

Vamos fazer essa rede de “viajante ajuda viajante” crescer cada vez mais!

Berlim: o que fazer na cidade – parte 1

Quando começo a planejar uma viagem, dificilmente planejo os dias. Prefiro fazer três listas: atrações turísticas (o que não dá pra deixar de fazer estando em cidade x), atrações alternativas (o que eu gostaria de fazer na cidade x, geralmente ligado à arte de um modo geral) e o que comer. Vou contar mais sobre minha organização pré-viagem em um post específico, mas como esse é o primeiro post nesse estilo no blog, achei melhor explicar isso. (Lembrando que a parte de atrações alternativas é muito mais ligada a minha personalidade e ao meu gosto, pode não ter graça nenhuma pra você.)

ATRAÇÕES TURÍSTICAS

Portão de Brandenburgo (Brandenburger Tor)

berlim1

Acreditem, foi difícil tirar essa foto. Consegui esse ângulo depois de horas! Fica lotado!

Acho que esse é o cartão-postal mais famoso de Berlim. Ele foi idealizado por um rei da Prússia para que representasse a paz e construído entre 1788 e 1791 inspirado na Acrópole, em Atenas, Grécia. Muito danificado durante a Segunda Guerra Mundial, o portão foi restaurado no início dos anos 2000.

Localizado no bairro de Mitte, ele fica na Praça Parisier, a melhor referência que consigo dar é a avenida Ebertstraße, é grandona e andar por ela é uma ótima ideia: liga a Potzdamer Platz com o Portão de Brandenburgo, passando pelo Monumento às vítimas do Holocausto.

Melhor estação de metrô:  S+U-Brandenburger Tor

Continuar lendo

5 documentários no Netflix – parte 1

Eu adoro documentários, por isso pensei em dividir com vocês os mais legais que assisto. Neste post serão cinco que estão no Netflix e um bônus, mas a ideia é que seja só a parte 1 e eu volte de tempos em tempos com mais indicações. Espero que gostem, os temas me interessam muito.

BLACKFISH

blackfishSabe quando você foi ao Seaworld e bateu palma pro show da Shamu? Você, como eu, vai se sentir um lixo. O documentário parte da baleia Tikum e seus ataques aos humanos para mostrar como as baleias são tratadas, tiradas de seu habitat natural e basicamente como financiamos e nos emocionamos com um espetáculo de maus tratos aos animais. Fiquei realmente mal, mas gostei muito de ter visto, é um choque de realidade necessário.

 

 

FED UP

fed upFed Up trata do problema de obesidade infantil nos Estados Unidos e mostra como as autoridades e grandes empresas colaboram com ele. É chocante ver como é a alimentação das crianças e adolescentes nas escolas, regadas a muito fast-food e alimentos artificiais ricos em açúcar, gordura e sódio. Acho que o mais absurdo foi ver uma empresa que controla 70% do mercado de pizza nas escolas norte-americanas mandar uma carta para as autoridades do país explicando o porquê de a pizza poder ser considerada um VEGETAL, após uma lei que determinava que todas as refeições em escolas públicas do país deveriam ter um alimento do grupo. Bizarro mesmo. Adoro documentários sobre alimentação (você vai perceber isso).

Continuar lendo