Viena: estações de metrô para os principais pontos turísticos

Esse tipo de post sempre é útil para mim, espero que para vocês também. Saiba em qual estação de metrô saltar para visitar os principais pontos de interessa na cidade de Viena, na Áustria. Essas são apenas sugestões, procurem a melhor forma de chegar do seu hotel.

Schönbrunn: estação Schönbrunn (linha U4).
Belvedere: estação Karlsplatz (linhas U1, U2 e U4). Nesse caso, recomendo usar o tram porque a estação é meio longe do Belvedere.
Museu da Sissi: estação Museums Quartier (linha U2). Será necessário atravessar a rua e andar um pouquinho.
MuseumsQuartier: estação Museums Quartier (linha U2).
Stephansplatz: estação Stephansplatz (linhas U1 e U3).
Naschmarkt: estação Kettenberg (linha U4).
Ópera: estação Stephansplatz (linhas U1 e U3).
Mariahilfer StraBe: estações  MuseumQuartier (U2), Neubaug (U3) e Zieglerg (U3).
MAK: estação Stubentor (linha U3).
Donaukanal: estação Schwednpl. (linhas U1 e U4).

Aproveitem!

Anúncios

Viena: transporte

Os principais transportes de Viena, na Áustria, são o metrô e os trams, apesar de achar que o mais eficaz são as pernas mesmo. Para acessar os dois primeiros sem perigo de ser multado, é preciso comprar os tickets nas maquininhas vermelhas fora dos trams e antes das escadas rolantes do metrô. É possível comprar dentro dos trams, mas apenas com moedas.

O bilhete de uma viagem unitária custa €2,20, mas é possível baratear esse preço, caso a opção seja usar sempre o transporte público, comprando os tickets que garantem 24/48/72h de transporte ilimitado (€6,70/€11,70/€14,50, respectivamente). Em todos os casos, é preciso validar os bilhetes fora dos metrô e fora ou dentro dos trams.

Segue abaixo um passo a passo de como comprar os tickets citados:

Continuar lendo

Viena: chegando e visão geral

Cheguei de ônibus vindo de Bratislava, comprei na hora e foi €5 a passagem pela Slovakia Lines, empresa parceira da Eurolines na Eslováquia, só tem ela na rodoviária, não tem como errar, haha. A viagem é curtinha, dura mais ou menos 1:20 sem grandes emoções, os ônibus saem de hora em hora redonda (13h, 14h, 15h…). A estação de Vienna em que esse ônibus para é a Haptbanhof (HBF), ou alguma coisa assim e é só andar para a estação de trem com o mesmo nome para achar restaurantes, informação ao turista (ótima, aliás), e banheiro. De lá sai também um metrô e algumas linhas de tram.

Viena é uma cidade bonita, muito aristocrática, tudo nela reluz, é amplo, me lembrou um pouco Paris. E também é uma cidade cara, muito cara, paga mais de €10 pra entrar em tudo (exceto crianças) e deixei de fazer algumas coisas por isso.

Continuar lendo